HISTÓRIA

A paixão por animais existe desde os tempos de criança, quando eu adotava os cães que minha avó tinha em sua casa. Na verdade a paixão é pelos animais, pelas plantas, pelos seres vivos em geral. Isso fez com que estudasse e me graduasse em Biologia em 1995 pela PUC-MINAS.

O Pastor Alemão entrou em minha vida quando construí minha casa em um condomínio próximo a Belo Horizonte. Havia a necessidade de ter um animal de companhia e que oferecesse segurança para a família. Adquiri 2 (dois) de uma só vez, trouxe pra casa Flora e Ólliver. Fiz contato então com as pessoas do meio e procurei me informar sobre as características da raça, as regras para registro e criação.

Meu retorno para BH gerou dificuldades para continuar com os animais, mas não me desfiz dos 2 (dois) companheiros. Posteriormente, mudei-me para uma casa que oferecia espaço e eles ficaram mais felizes.

Em dezembro de 2004 perdi Flora, minha grande companheira, até hoje me lembro de sua docilidade, atenção, obediência e afeição. Não desisti. Fiz a seleção do Ólliver em 2006 e resolvi iniciar-me na criação. Adquiri primeiramente Zacar e Nitrox (que fazem parte do nosso time) ainda filhotes. Posteriormente vieram Xon, Urco, Galla, Isa e Chara, mas não havia espaço para eles em minha casa.

Criei um bom tempo sem registro do canil, na casa de um parceiro (obrigado ao Vilson) e assim viajávamos por esse país, pelo nosso estado, participando das exposições. Com toda a dificuldade os resultados foram aparecendo e fui tomando gosto pela coisa. O que mais valeu até aqui foi o aprendizado que obtive convivendo com pessoas do meio como  criadores, adestradores e veterinários, com os quais tive a oportunidade de discutir, conviver e aprender um pouco mais sobre a raça. A todos eles os meus sinceros agradecimentos. 

Quase que naturalmente surgiu a Casa da Cinofilia. Ela exprime o meu sincero amor por essa raça e a vontade de perpetuá-la, de difundi-la ainda mais, de poder aprender e ensinar, de prestar serviços à sociedade. Hoje o canil é uma realidade em termos de estrutura, de qualidade, de resultados. Mas sempre há espaço para melhorar, mesmo reconhecendo nossas dificuldades e limitações, procurando intercâmbio e participando das exposições.

Se você se interessou em ler esse pequeno histórico, venha nos conhecer e trocar experiências, talvez você possa contar sua história também.

Evandro César Alves Ribeiro
Presidente da SMCPA - Sociedade Mineira de Cães Pastores Alemães

GOSTOU DO SITE?
CURTI AI!

CANAL YOUTUBE

Clique em subscribe para se inscrever no canal